Banco Central da Rússia alerta para uma crise financeira global em 2023

A instituição financeira divulgou um relatório contendo quatro cenários separados para o futuro próximo, três dos quais pintam um quadro sombrio.

Em 2023, o mundo poderá enfrentar um desastre financeiro comparável à crise de 2008-2009 devido aos problemas acumulados durante os últimos 18 meses da pandemia do coronavírus, de acordo com um novo relatório do Banco Central da Rússia.

Segundo a instituição, a economia mundial pode entrar em um cenário de crise devido tanto ao aumento da dívida global dos países quanto ao crescente número de empresas com fraca solvência financeira.

O relatório, intitulado “As principais diretrizes da política monetária unificada do estado para 2022 e para o período 2023 e 2024”, contém quatro cenários distintos para o futuro próximo, desenvolvidos pelo banco.

De acordo com seu ‘cenário básico’ para este período, evita-se uma recessão à medida que os países atingem suas metas de vacinação e as economias desenvolvidas caminham para a normalização da política monetária.  

No entanto, os outros três cenários possíveis pintam um quadro mais sombrio . No âmbito de um deles, intitulado ‘intensificação da pandemia’, a situação atual com o coronavírus piorou significativamente, causando um colapso econômico em todo o mundo.

No cenário denominado ‘inflação global’, a pandemia desacelera, mas os problemas acumulados deterioram consideravelmente a situação econômica causando aumento da inflação.

O último, intitulado ‘crise financeira’, ilustra os riscos associados a um aumento significativo do peso da dívida na economia global devido à pandemia. Esse cenário mostra uma dinâmica instável nos mercados financeiros que gera falta de confiança nos investidores. Este é o pior dos três cenários negativos, afirma o banco.

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário